Vivenciar a natureza com crianças

Em tempos de grandes cidades e poucas áreas verdes, de apartamentos e poucos quintais, falar sobre brincar na natureza pode parecer complicado e distante para muitas famílias.

Ao considerarmos o ser humano como extensão do ecossistema, se torna simples a compreensão da importância da natureza em nossas vidas e dos benefícios relacionados ao contato das crianças com elementos naturais, ainda assim, uma série de pesquisas vêm demonstrando os benefícios físicos, psíquicos e emocionais que a intimidade com a natureza proporciona às crianças.

Contudo, encaixar visitas e atividades em praças ou parques, na rotina agitada da vida moderna, deve ser considerado como uma prioridade, se você realmente quer uma vida saudável e feliz para você e sua família.

Tudo bem se, no princípio, as crianças expressem insatisfação ou tédio ao serem apresentadas á um momento longe dos estímulos eletrônicos ou de brinquedos super elaborados, mas é um alerta, pois isso pode significar que a criatividade dos pequenos está desestimulada e precisa se desenvolver.

Se você perceber esse desinteresse quando a crianças está ao ar livre sem brinquedos eletrônicos ou vídeos, é hora de recorrer à sua criança interna [pode ser que ela esteja ainda mais desinteressada, mas o esforço precisa vir de você] e estimulá-la a buscar pelos infinitos fenômenos super interessantes que acontecem a todo momento com o vento que movimenta as folhas e carrega pólen de uma árvore para outra, com sementes que podem ser encontras em diferentes formas, tamanhos e fases de desenvolvimento, com as flores que podem estar na forma de botões ou abertas, atraindo abelhas ou borboletas, com os pássaros se comunicando ou buscando por comida, com as árvores, que parecem ficar o tempo todo paradas mas, por dentro, estão movimentando água e seiva, enfim exercite junto com os pequenos a sensibilidade e curiosidade para os constantes estímulos que a natureza nos causa.

Nos primeiros passeios, pode parecer que esse tipo de programa não vai funcionar pra vocês, mas a insistência te fará perceber essa conexão reacendendo e como a criatividade começará a desabrochar em relação à exploração do que a natureza pode nos ensinar. Com um pouco de paciência e essas dicas, vocês conquistarão a qualidade de vida que o meio natural tem a oferecer e momentos inesquecíveis em família:

  1. LEVE UM LANCHE

Momentos bons estão sempre associados À refeições, então prepare um piquenique sempre que forem para a praça ou parque, para celebrar o hábito de estar ao ar livre. Aproveite para oferecer frutas para as crianças. É o momento prefeito para um lanchinho leve, água e/ou suco e frutas.

  • APRECIE E INCENTIVE A CURIOSIDADE

Sempre que surgir uma dúvida relacionada às plantas, insetos, pássaros, nuvens ou qualquer outra coisa relacionada À experiência na natureza, acolha com interesse e carinho. Mesmo que você não saiba responder à pergunta, pesquisem juntos em casa. Isso fará com que as observações evoluam e, no próximo passeio, as crianças voltem ao local com ainda mais interesse.

  • VISTAM-SE PARA SE DIVERTIR

De nada adianta estar em um meio natural, se não puderem estar à vontade. Sim! Adultos e crianças precisam estar com roupas confortáveis, adequadas ao clima e que não tenha problema nenhum em sujar. A ideia é que vocês possam sentar e deitar no chão, mexer na terra, abraçar as árvores e babar melancia na roupa, sem repreensões ou limitações.

  • A VIDA COM AMIGOS É AINDA MELHOR!

Estimule as crianças a se relacionarem com outras crianças que também frequentam o parque ou a praça. Mesmo entre os mais tímidos, a natureza tem o poder de unir as pessoas por meio de interesses em comum, curiosidades, brincadeiras divertidas etc. lembre-se de respeitar as escolhas das crianças, mas tente mostrar que podemos aprender uns com os outros e como a felicidade é maior quando compartilhada.

  • BRINQUE JUNTO

Não espere que as crianças saibam o que fazer para se divertir, logo nos primeiros dias de visitas à espaços abertos, ainda mais se estiverem acostumadas apenas à playgrounds e jogos eletrônicos. Pode ser que você precise mostrar à elas como se faz, então use a criatividade e se divirta com brincadeiras livres ou com finalidade educativa, mas que esteja conectada com o ambiente ao redor de vocês. Temos uma publicação com ideias de brincadeiras educativas para aprender sobre a natureza da sua região, confere lá! Vai ajudar bastante e você vai adorar.

  • REGISTRE OS MOMENTOS NA NATUREZA

Demonstre o quanto as aventuras da família ao ar livre são especiais, registrando e colocando algumas fotos na parede. Ainda assim, seja atento com o uso do celular, pois o ideal é usá-lo o mínimo possível, nesses momentos. Além disso, façam desenhos sobre o que vivenciaram nesses momentos, o que aprenderam e o que sentiram.

  • SEJA O EXEMPLO DE RESPEITO À NATUREZA

Para conviver na natureza é importante exercitar a empatia e o respeito com todo e qualquer tipo de vida. Então, ao encontrarem uma fila de formigas, por exemplo, admirem e, de maneira nenhuma, permita que as crianças pisem de propósito. Além disso, as brincadeiras devem ser saudáveis, sem destruição de flores ou árvores, nessa hora toda a energia deve ser direcionada em correr, pular, escalar, se equilibrar, rastejar e tudo mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X